5 previsões para o futuro do empreendedorismo

Você consegue se lembrar de quando o comércio eletrônico ainda era uma tendência? O mundo do empreendedorismo vem mudando constantemente e é impossível imaginar como estaremos daqui a alguns anos.

A revista “Inc.”, porém, chamou alguns empreendedores com veia inovadora para imaginar como o mundo dos negócios mudará daqui para frente. Confira algumas dessas previsões.

1. A qualidade dos produtos e serviços irão melhorar
(Aaron Levie, cofundador e CEO da Box, empresa de compartilhamento de arquivos na nuvem)
Uma das formas como empreendedores estão resolvendo problemas é dando aos consumidores informações melhores sobre seus vendedores ou fornecedores. Isso levará a um nível de qualidade que antes era inalcançável. O Uber é um exemplo. Você podia ser o pior motorista de táxi e continuar assim por mais de uma década, porque todo e qualquer passageiro que entrasse no seu carro não tinha como escrever uma resenha ou denunciá-lo. Agora, com as políticas do Uber, todo passageiro pode manter os motoristas buscando a melhor qualidade profissional  possível. 

2. Todos estudarão empreendedorismo
(Saras Sarasvathy, professora de empreendedorismo na Universidade de Virginia)
Nós agora entendemos que há um método para o que os empreendedores fazem e é um método extraordinário de mudar o mundo. Empreender é colocar a natureza humana para trabalhar para criar um mundo melhor. Essa metodologia será ensinada em escolas como uma ciência. Não é sobre ensinar futuros empreendedores, tem mais a ver com criar uma sociedade mais empreendedora. E resolver problemas usando os princípios do empreendedorismo.

3. Empresas crescerão mais rapidamente
(Vivek Wadwa, pesquisador da faculdade de direito de Stanford)
Se você quisesse começar uma empresa de software em 1990 teria que ter no bolso em torno de US$ 20 milhões. Em 1997, apenas US$ 3 milhões; hoje em dia, com US$ 25 mil você monta uma. Até o fim desta década, mais de 100 empresas da lista da Fortune 500 serão substituídas por empresas que ainda nem existem.

4. As mulheres irão liderar a inovação
(Caterina Fake, cofundadora do Flickr)
Ser um empreendedor se tornou algo mainstream. Mas é difícil inovar quando você etsá no centro de tudo. A demografia do mundo está mudando e, portanto, grupos que vivem a margem de tudo serão responsáveis por impulsionar a inovação, como as mulheres.

5. Valores se tornarão um aspecto crítico
(David Tisch, sócio do fundo de investimento-anjo BoxGroup)
As pessoas e empreendedores estão cada vez mais preocupados com o que cada empresa representa e quais são seus valores. Por isso, toda nova empresa precisará pensar nesses pontos se quiser fazer algum sucesso no futuro.

Fonte: PEGN

Qual sua opinião sobre este assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *