Homem acusado de ter matado policial em Diamante pode ser inocente

Após o assassinato do sargento José Gomes da Silva, morto a tiros na madrugada do Domingo (23), diligencias foram montadas na tentativa de encontrar o criminoso.

Com base em informações de uma mulher que estava com a vítima no momento do crime, a polícia chegou até o agricultor Damião Pereira da Silva, de 31 anos, e de imediato foi autuado em suposto flagrante pelo homicídio.

Agora fortes indícios apontam que Damião seja inocente nesse crime, o próprio Delegado admite, que o homem pode ter sido preso de forma injusta, já que sua prisão foi feita apenas com base em um testemunho da acompanhante do Sargento José Gomes, outro indicio seria uma arma encontrada na casa de Damião.

No desenrolar das investigações apareceu um novo suspeito, também tem o nome de Damião, assim como o primeiro suspeito, segundo informações dos próprios familiares do segundo suspeito ele teria se dirigido no período da madrugada a casa deles afirmando que teria matado um homem e depois teria fugido.

Nesse momento a polícia está a sua procura. Quanto ao Damião que se encontra preso supostamente por engano, ele deverá ser ouvido em audiência de custódia no começo desta semana e poderá ser solto, caso o juiz entenda que, de fato, ele não tem nada a ver com o crime, como o próprio delegado acredita.

Texto escrito com base na Folha do Vali

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *