A tecnologia e a política

A tecnologia tem fator preponderante na política por melhorar processos e o desenvolvimento de um estado ou país. É preciso entender a importância desse setor, bem como inteirar-se sobre ele, deixando de lado qualquer tipo de alienação, pois ela só irá prejudicar.

A tecnologia é fator decisivo para o sucesso de qualquer projeto político, seja na saúde, ensino, segurança ou transporte. Esse setor impacta diretamente a vida e o dia a dias das pessoas. De acordo com José Carlos, CEO da empresa Liberty, primeiro suplente do Senador Reguffe e membro ativo de um partido político do Distrito Federal, a consistência de um projeto governamental é mensurada a partir da tecnologia. “Eu avalio a consistência de qualquer projeto político pelo grau do uso da tecnologia que contém. O futuro está reservado para os políticos que compreenderem isso”, ressalta.

Portanto, é preciso entendimento e estratégias para aplicar a tecnologia no âmbito governamental. “Não há outro caminho, se não o uso correto desta e dos recursos que ela dispõe. O que falta à maioria dos gestores públicos é a visão estratégica e o conhecimento de como a tecnologia pode mudar, para melhor, as políticas públicas”.

Influência

A tecnologia pode influenciar as políticas públicas positiva ou negativamente. José Carlos – especialista em gerar resultados e benefícios reais para seus clientes – diz que o fim positivo só é possível com eficiência. “A melhoria real dos serviços só pode acontecer se for por meio de uma gestão eficiente que disponha dos recursos tecnológicos e sistemas capazes de dar a resposta necessária”.

De forma oposta, se não houver tecnologia, a política pode ser prejudicada. “Sem tecnologia e capacidade de gestão, a política nunca será capaz de superar os desafios que se impõem, nem de corresponder aos anseios da sociedade”.

Fonte: Bizmeet

 

 

Qual sua opinião sobre este assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *